Blog que avalia e compara sites de encontros

Namoros em sites de encontros podem dar em casamento?

10 de Maio, 2020
Namoros em sites de encontros podem dar em casamento?

Os casais que se conhecem na Internet podem acabar por contrair matrimónio e ser até mais felizes do que os casais que se formam offline. Pelo menos é o que alguns estudos têm evidenciado nos últimos anos. Sim, é verdade que parte desses estudos são encomendados por sites de relacionamentos e por isso valem pelo que valem, mas também é verdade que não é preciso recorrer a relatórios académicos para perceber que há cada vez mais casais a conhecerem-se na web. Qual de nós não sabe pessoalmente de - pelo menos - um caso? Mas será que, efetivamente, os namoros em sites de encontros podem dar em casamento?

Estima-se que hoje em dia cerca de 30% dos casamentos comecem em namoros na web, de acordo com um estudo realizado pelo Serviço Mundial da BBC com perto de 11 mil pessoas de 19 países. Mas há mais! Dizem outros estudos, neste caso publicados na revista cientifica Proceedings of the National Academy of Sciences, que os casais que se formam no mundo digital podem ser mais felizes que aqueles que se conhecem por outros meios. Será? E porque é que podem ser mais felizes ou, por outras palavras, como é que a taxa de divórcios é menor que a dos casais que se conheceram por meio de amigos, na universidade, num bar, numa praia ou numa discoteca?

Saiba como abordar alguém num site de encontros, clicando aqui!

Porque é que os namoros em sites de encontros podem resultar em casamento?

• Em primeiro lugar, o namoro virtual permite uma triagem que o namoro convencional não permite e isso leva a uma maior percentagem de compatibilidade entre as pessoas, já para não falar que alguns sites de encontros até possuem ferramentas de match que indicam quais os membros que mais combinam. E até dá para personalizar pesquisas de acordo com o que os membros entendem ser as características mais importantes num parceiro. Daí que se possa afirmar que os namoros em sites de encontros podem dar em casamento, ó se podem!

• Em segundo lugar, além de se poder fazer uma pesquisa avançada na Internet, também se pode conversar através de chats - com ou sem vídeo - o tempo que bem se entender, antes de se combinar um encontro presencial. Assim, as pessoas percebem melhor a personalidade e carácter umas das outras. Claro que podem surgir mentiras e desilusões pelo meio, mas há muitos casos que confirmam que os príncipes e as princesas encantadas também andam pela web. E o “felizes para sempre” pode saltar para o início da história!

Namoros em sites de encontros podem dar em casamento, sim! Se quer uma relação para a vida, apresse-se! Mas antes, clique aqui e conheça os nossos 3 conselhos para escolher um site de encontros.

• Em terceiro lugar, os príncipes e as princesas de contos de fadas dos nossos dias podem viver na Internet e apesar de estarem num site de encontros – ou precisamente por causa disso – conseguem ser mais genuínos e confiantes e não fazem joguinhos. As suas palavras coincidem com as suas ações. Isso não quer dizer que não existam pessoas em sites de relacionamentos que apenas procuram sexo ou casos pontuais, mas a verdade é que não deixam de ser pessoas diretas e genuínas que não enganam ninguém em relação ao que procuram na Internet. E depois há os outros que até procuram uma relação para a vida, mas também não estão com rodeios. Numa espécie de “se queres, queres”, “se não queres, próxima!” E a próxima (ou o próximo), quem sabe, não será o cônjuge perfeito?

• Em quarto lugar, os namoros em sites de encontros podem dar em casamento porque a maioria dos membros destas plataformas sabe expressar os seus sentimentos diretamente e não espera qualquer tipo de intimidade física se a outra pessoa não estiver pronta. Pelo menos é o que acontece no maior site de encontros português, o Felizes.pt, onde as pessoas desenvolvem uma amizade, sem pressas, antes de avançarem para um encontro físico e uma relação mais íntima. E o facto de alguém do outro lado aguardar, só pode ser um sinal de que se trata de uma pessoa confiável e respeitadora. E pessoas confiáveis e respeitadoras tendem a zelar pelos seus casamentos, não é verdade?

• Em quinto lugar, todos sabemos que a desconfiança é um dos fatores que mais prejudica uma relação e num site de encontros é necessária uma dose de confiança extra para se manter uma relação porque as pessoas estão fisicamente afastadas e com maior margem de liberdade para conhecerem outras, por exemplo. Logo, ao atingirem este grau de confiança, os membros estão mais preparados para uma relação feliz.

• E por último, os namoros em sites de encontros podem dar em casamento porque namorar através da Internet num site de encontros ou numa rede social obriga a conviver de uma forma que não se convive no mundo offline, ou seja, para namorar os membros têm de escrever ou ligar a câmara para falarem online, mas em todo o caso não tem fatores externos a chamar-lhes a atenção (os amigos no bar, o quadro na exposição, o passarinho no jardim…) e por isso concentram-se mais no parceiro e acabam por o conhecer melhor antes de começarem sequer o namoro. Nem a pergunta nem a resposta ao “como foi o teu dia?” pode ser idêntica aquela que se obteria num encontro físico, às pressas à entrada para o cinema, por exemplo.

A Internet está, decididamente, a alterar a dinâmica e os resultados do próprio namoro e matrimónio. E você, precisa de mais evidencias para perceber que os namoros em sites de encontros podem dar em casamento?

Clique aqui e conheça melhor as vantagens e desvantagens dos sites de relacionamentos.


3 comentários

  • Paulo dias 15 mai 2020, às 8:22

    Qualquer interação social onde quer que seja pode acabar em casamento. Ir fazer compras ao supermercado pode acabar em casamento. Sair para ir ao shopping pode acabar em casamento. Os sites de encontros são apenas mais um sítio.

  • Paulo dias 15 mai 2020, às 8:23

    ... e também podem acabar com o casamento...

  • Sofia 1 jul 2020, às 22:00

    As + bonitas histórias de amor podem surgir nos sítios + inesperados, incluindo sites de encontros :)

Comente o artigo

Campos obrigatórios *