Blog que avalia e compara sites

Exigência diminui com a idade?

02 de Maio, 2018
Exigência diminui com a idade?

A viuvez, divórcio ou solidão levam cada vez mais pessoas a procurar companhia na Internet. Parte desse grupo já ultrapassou os 50 anos, mas não se resignou porque sabe que… o amor não tem idade!

Há sites de encontros para todos os gostos e para todas as idades. Quer em plataformas para pessoas dos 18 aos 80 quer em sites dedicados exclusivamente a membros mais velhos, os seniores já perceberam que existem meios online que lhes permitem continuar a aproveitar a vida.

Não é que seja impossível encontrar o amor no centro de dia, na farmácia, no clube de leitura ou na mercearia, mas… convenhamos, só num site de encontros é possível conhecer vários homens e mulheres de forma simples e rápida, mesmo que o objetivo seja apenas cultivar amizades com pessoas que se encontrem na mesma situação.

E funciona? Funciona, sim. Os sites de encontros não foram pensados apenas para pessoas jovens. Também os seniores já foram protagonistas de muitas histórias com final feliz que começaram online. A questão que se coloca agora é: será que a exigência diminui com a idade?

“As coisas mudam com a idade”

Há cada vez mais homens e mulheres seniores a inscreverem-se em sites de encontros, de forma a conhecer pessoas novas e tentar voltar a encetar um relacionamento sério ou uma boa amizade. Mas com uma diferença em relação a membros mais jovens… Estudos sobre comportamentos de utilizadores de sites de encontros revelam que as pessoas em geral procuram, tendencialmente, outras pessoas com o mesmo nível de educação e aspeto físico. No entanto, o artigo “As coisas mudam com a idade” publicado no jornal Personality and Individual Differences no ano passado, indica que essa exigência vai diminuindo com a idade. A tendência é observada em ambos os sexos, mas principalmente entre mulheres mais velhas.

A pesquisa incluiu apenas australianos inscritos em site de encontros, mas foram nada mais, nada menos, que 41.000 homens e mulheres entre os 18 e os 80, pelo que os resultados foram considerados fidedignos e muito possivelmente semelhantes aqueles que se recolheriam em Portugal, se levássemos a cabo um estudo do género. Fica a dúvida, mas certo é que a Internet está a alterar a forma como as pessoas escolhem parceiros, já que oferece um leque maior de opções. Enquanto na vida real é mais comum as pessoas entrarem em contato com gente do mesmo meio, os sites permitem encontrar parceiros de diferentes culturas, níveis de educação e ambientes socioeconómicos. Se tem dúvidas sobre como começar a interagir, conheça também as nossas dicas sobre como abordar alguém num site de encontros.

Seniores e Internet

Já lá vai o tempo em que os seniores se contentavam em passar os dias a jogar às cartas e fazer croché. Hoje, graças à evolução da tecnologia, estão cada vez mais entretidos online.

É verdade que as pessoas mais velhas demoraram, ainda demoram, mais tempo para começarem a usar a Internet, porque têm mais dúvidas. Contudo, em quase todos os países desenvolvidos há programas de incentivo e estimulo à utilização da Internet por idosos de forma a que percam o medo e se aventurem na web. E à falta de estímulos exteriores, a própria família funciona como instigadora: ao verem os filhos e os netos a usarem computadores e smartphones para as mais diversas finalidades (incluindo conversar com amigos, pagar contas, assistir a vídeos…), os idosos acabam por mergulhar no desconhecido para verificarem, pouco tempo depois, que se tornaram verdadeiros cibernautas! Na verdade, em Portugal acredita-se que as pessoas entre os 50 e os 75 já passam mais tempo frente ao computador do que frente à televisão, segundo um estudo de 2016 da Observador Cetelem.

Ora, existem muitos aspetos positivos na ligação à Internet por parte dos idosos, como a aproximação a familiares e amigos que estão longe, a oportunidade de ver fotos, vídeos, pesquisar sobre assuntos, efetuar uma compra sem sair de casa… mas – e sem querermos eliminar o convívio direto – uma das principais vantagens do acesso à Internet é o combate à solidão, a possibilidade de voltar a experienciar o amor com a simples inscrição em sites de encontros. Porque o importante não é o nível de exigência, mas a possibilidade de voltarem a ser felizes!


3 comentários

  • paula 26 ago 2018, às 15:10

    nunca entrei num site destes tenho receio

  • Maria João Correia 3 set 2018, às 5:34

    Gostava de entrar neste site

  • Maria João Correia 3 set 2018, às 5:34

    Gostava de entrar neste site

Comente o artigo

Campos obrigatórios *